Poesias Pesadas

Licença Creative Commons
O trabalho Poesias Pesadas de Marcio Jung foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://paginadomarcio.blogspot.com.br.

Postagem em destaque

Meus e-books à venda

Aqui estão os links para meus e-books à venda na Saraiva  por R$ 2,99 cada: www.saraiva.com.br/poesias-de-dor-e-de-alegria-de-reflexao-e-d...

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Meu querido Catchorônnn

Meu querido Catchorônn
lindo Dingo amigão
companheiro pra valer

me ajudou pra caramba
nessa barra dura e pesada
que é viver,

foi mais um item valioso
no processo de auto-aprendizado
que eu vivi
e se der vou sair vivo dessa Cathorônn

A dor que sinto

A dor que sinto
é tão profunda
que chega
a dar dor de cabeça

Criticas sempre haverão

Doem
mas existem
mais ainda o tempo todo
essas criticas perversas
que me fazem sofrer

sorte que tenho
forças
para demover
objetivos
incompletos
e retumbantes

por isso aguardo
a vitória
até não poder mais ver

Eu errei e erraram comigo

Erraram comigo
e eu errei com eles
então todos sofreram

mas vou levando
até onde der
essa vida
que me deram
pra sempre,

vou levando
assim
pra sempre

Tem que tocar o foda-se

Toque o foda-se
mande a merda
mesmo que doa

pois se ficar
em silêncio
vai ser pior

então
toque
o
foda-se

Minha vida é igual uma fita


Minha vida
é igual uma fita
de videocassete
as vezes enrola

então você
tem que ir lá
e desenrolar
ela

colocam coisas em nossa cabeça

Colocam tanta coisa
na cabeça da gente
que a gente fica doida

Avançamos sonolentos
e incapazes de ver além
do mar sem fim
desse oceano absoluto

compreendemos
que não há o que compreender
e sim o que fazer.